Vendas de etanol hidratado pelas indústrias são as maiores desde outubro de 2020

Volume de etanol hidratado vendido pelas usinas do estado de São Paulo em janeiro
cresceu 35% em relação ao mês anterior — Foto: Editora Globo

Por Marcelo Beledeli — Porto Alegre

O volume de etanol hidratado vendido pelas usinas do estado de São Paulo em janeiro cresceu 35% em relação ao mês anterior, superando em quase três vezes o do mesmo período do ano passado. As informações foram divulgadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP.

As vendas do primeiro mês de 2024 não apenas consolidaram-se como recorde da safra 2023/24, como também foram as maiores desde outubro de 2020. Segundo pesquisadores do Cepea, o suporte continua vindo das vendas aquecidas de hidratado na ponta varejista no mercado paulista e de outros estados.

Do lado vendedor, a postura foi firme ao longo de janeiro, apesar dos estoques mais altos de etanol para este período de entressafra na comparação com igual intervalo de 2023.

Açúcar

Em janeiro, primeiro mês oficial de entressafra da temporada 2023/24, os preços do açúcar cristal branco caíram no mercado spot do estado de São Paulo. A média do indicador Cepea/Esalq foi de R$ 145,04 a saca de 50 quilos, 5,32% menor que a de dezembro de 2023.

Segundo pesquisadores do Cepea, apesar do leve aumento na liquidez entre a segunda e terceira semanas do mês, a demanda enfraquecida predominou, impedindo uma valorização no balanço do período. De modo geral, os preços da saca de 50 quilos do cristal oscilaram entre os patamares de R$ 144 a R$ 146 ao longo de janeiro.

Fonte: Globo Rural

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Você precisa estar logado para ter acesso a este conteúdo

Já é assinante?

Ou Cadastre-se